Ganho mais do que quando era jogador, diz Wendell Lira, gamer há 2 meses

Os deuses do futebol costumam exigir tempo para operar milagres, mas meros 10 meses podem ser suficientes para dar uma guinada na vida de alguém. Quando foi indicado ao Prêmio Puskas em novembro de 2015, Wendell Lira estava desempregado.

Governo atrasa auxílio e bebê com doença rara corre risco de ter uma convulsão por minuto

Convulsões desde o terceiro dia de vida e uma dieta de alto custo: essa é a realidade da pequena Lia, de 1 ano e 5 meses, que sofre da síndrome de Ohtahara.

Festa para Ceni inspira Cicinho por retorno e novas histórias no Morumbi

Dez anos depois do tricampeonato mundial, o lateral direito se disse apaixonado pelo São Paulo, relembrou o título cheio de chocolate em 2005, falou sobre Lugano e colocou uma volta ao clube como desejo de seu coração.

Profecias e conquista das massas: cinco anos de Hernanes longe do Tricolor

Há exatos cinco anos, o São Paulo caiu na semifinal da Libertadores diante do Internacional em pleno Morumbi. Regado a lágrimas, o abraço do capitão Rogério Ceni no “Profeta” Hernanes marcou a despedida do camisa 10, que seguiu seu rumo e conquistou outras massas na Itália.

São Paulo precisa propor salário maior para ativar cláusula por Lugano

Ao contrário do que havia dito à imprensa há exatos seis dias, o empresário de Diego Lugano confirmou a existência de uma cláusula de liberação no contrato do zagueiro com o Cerro Porteño. Entretanto, o termo em questão não está condicionado apenas ao São Paulo, como especulado anteriormente. De acordo com o também uruguaio Juan Figer, o defensor pode rescindir o vínculo com o clube paraguaio se apresentar uma proposta de qualquer equipe com valores superiores aos que recebe hoje no Cerro.

Próximo do fim, time feminino é usado pelo São Paulo para abafar crise

Em meio à crise instaurada no futebol masculino, o São Paulo surpreendeu ao divulgar e celebrar os resultados das partidas da equipe feminina, que superou o Santos no último domingo e se classificou para a final do Campeonato Paulista, a ser disputada diante das atuais campeãs do São José. Com pouco destaque ao time composto por mulheres desde a sua criação, o clube decidiu manifestar apoio às jogadoras após o fim da modalidade vir a público.

Desempregado, brasileiro indicado ao Puskas torce por "forcinha" de Messi

Um telefone que não para de tocar e uma voz entrecortada por risos. Assim está sendo o dia do atacante Wendell Lira, indicado ao Prêmio Puskas da Fifa como o autor de um dos dez gols mais bonitos da última temporada.

Racismo no futebol reproduz mito de democracia racial da sociedade

O dia 9 de janeiro de 2003 tentou garantir um pouco de equidade à comunidade negra do Brasil com a lei 10.639, que instituiu o Dia da Consciência Negra no calendário escolar nacional. Mais de uma década depois, porém, o País chega a um novo 20 de novembro ainda com muito a aprender e desconstruir. Como em toda análise política, teórica ou sociológica feita em solo brasileiro, o futebol não pode ser excluído do debate da ilusória democracia racial.

Querido no Shakhtar, “Lionel” Marlos rejeita apelido e aconselha Ganso

Contrariando as previsões de que não se daria bem fora do Brasil, Marlos se consolida como o segundo melhor brasileiro do Shakhtar Donetsk. Acostumado com a nova rotina na Ucrânia, o antigo “Lionel” do São Paulo ainda nutre esperanças de ser lembrado pela Seleção Brasileira como seus colegas de time já foram.

Ídolo do rival, tutor de Ceni com os pés rechaça gol favorito: “Do 1º ao 131º”

O primeiro dos 131 gols foi marcado no dia 15 de fevereiro de 1997. O último, para o alívio da torcida do São Paulo, ainda pode sair até 31 de dezembro, quando se encerram os 25 anos de contrato de Rogério Ceni com o clube – aniversário completado nesta segunda-feira, dia 7 de setembro. Pouco se sabe, no entanto, que a trajetória do goleiro-artilheiro com os pés foi iniciada graças a um ídolo do Palmeiras: Valdir Joaquim de Moraes.

Denúncias contra Aidar são ignoradas por Paulo Nobre: “Casa dos outros”

A tradicional rivalidade entre Palmeiras e São Paulo atingiu proporções ainda maiores em abril do ano passado, quando os presidentes Paulo Nobre e Carlos Miguel Aidar se desentenderam em nome do atacante Alan Kardec, que negociava a renovação de seu vínculo com o Verdão até ser contratado pelo Tricolor. Um ano e seis meses depois, porém, o mandatário alviverde não quis comentar as recentes denúncias e polêmicas que invadiram o dia a dia do rival.

Padre abençoa Timão e troca pizza ‘rival’ por “churrasco alvinegro”

Detentor de grande vantagem sobre o Atlético-MG na tabela, o Corinthians deve seguir ainda mais reforçado em sua briga pelo título. Torcedor fanático, o padre Roberto fez questão de cumprimentar o ídolo Renato Augusto, para o qual ainda levou alguns presentes.
Close